Notas dos editores Um labirinto de emoções e de estilos musicais, o belo álbum de Khatia Buniatishvili começa com uma emocionante homenagem a Ennio Morricone e se lança em uma inusitada jornada, que passa por Chopin, Satie, Bach, Brahms e muito mais. O seu próprio arranjo para quatro mãos de "Badinerie", da Orchestral Suite Nº 2 de Bach, executada com sua irmã Gvantsa Buniatishvili, é um minuto de puro deleite. E tanto "La Javanaise", de Serge Gainsbourg, quanto "Valsa Da Dor", de Villa-Lobos, primam pela leveza e pelo charme. A inclusão da silenciosa “4′33″”, de John Cage, é um golpe de mestre: um oásis de calma antes do fim com um Bach arrebatador.

1
5:22
 
2
3:30
 
3
2:47
 
4
4:07
 
5
1:19
 
6
5:18
 
7
6:17
 
8
3:23
 
9
5:20
 
10
2:24
 
11
2:53
 
12
7:35
 
7:50
 
14
3:04
 
15
4:43
 
16
5:12
 
17
4:33
 
18
3:42
 

Mais de Khatia Buniatishvili

Em destaque em