15 Músicas, 1 hora 1 minuto

NOTAS DOS EDITORES

Depois do enorme sucesso com o Destiny’s Child, Beyoncé foi a última do grupo a lançar um álbum solo. A espera foi compensada com a grande aprovação da crítica e do público de Dangerously in Love. Um dos maiores de sua carreira, o hit “Crazy in Love” abre o álbum, e seu ritmo marcante se torna um padrão para o pop. Participações de Jay-Z, Missy Elliott e Sean Paul são alguns dos destaques do álbum, mas são as composições inovadoras e a produção extravagante que sobressaem nesta estreia marcante.

NOTAS DOS EDITORES

Depois do enorme sucesso com o Destiny’s Child, Beyoncé foi a última do grupo a lançar um álbum solo. A espera foi compensada com a grande aprovação da crítica e do público de Dangerously in Love. Um dos maiores de sua carreira, o hit “Crazy in Love” abre o álbum, e seu ritmo marcante se torna um padrão para o pop. Participações de Jay-Z, Missy Elliott e Sean Paul são alguns dos destaques do álbum, mas são as composições inovadoras e a produção extravagante que sobressaem nesta estreia marcante.

TÍTULO DURAÇÃO

Mais de Beyoncé

Talvez também goste