Thiaguinho
Thiaguinho

Thiaguinho

Sobre Thiaguinho

Poucos artistas conseguem traduzir o espírito do pagode romântico com o vigor e a sutileza de Thiago André Barbosa, o Thiaguinho. Paulista de Presidente Prudente, o cantor e compositor passou a ser conhecido por todo o país em 2002, quando foi o vencedor do programa Fama, da Rede Globo. No ano seguinte, foi convidado a fazer parte do grupo de samba e pagode Exaltasamba, no qual seguiu por quase uma década. Virtuoso no violão, cavaquinho, banjo e também no pandeiro, Thiaguinho deu início a uma prolífica carreira solo em 2012, com o lançamento do seu primeiro DVD, Ousadia & Alegria, no qual incorporou estilos como funk, R&B e pop à sua já clássica mistura de samba e pagode. Gravado ao vivo e com participações de nomes de peso como Gilberto Gil, Ivete Sangalo e até mesmo do jogador Neymar, o projeto lhe rendeu uma indicação ao GRAMMY Latino na categoria Melhor Álbum de Samba/Pagode. Já com maturidade musical e experiência de mercado, o pagodeiro continuou explorando diferentes caminhos, com direito a resgates nostálgicos: depois de lançar, em 2017, o primeiro volume de Tardezinha, mais um estrondoso sucesso ao vivo, gravou no ano seguinte Tardezinha 2 – em um palco 360º, o artista recebeu cantores e amigos para revisitar grandes sucessos da sua época de Exaltasamba, como o pot-pourri de “Valeu” e “Livre pra Voar”, além do hit instantâneo “Pé Na Areia”. E, com um ritmo de produção que nem a pandemia desacelerou, ele ainda teve fôlego para um terceiro volume – Tardezinha no Maraca (2020), o qual fechou com a clássica “O Show Tem que Continuar”, sucesso do grupo Fundo de Quintal. No ano seguinte, o cantor lançou o vídeo-álbum de estúdio Infinito 2021, com uma produção mais rebuscada e recheado de duetos com bons amigos, como Péricles (“Preciso Desabafar”), Bruno & Marrone (“Tô Indo Embora Também”) e Alexandre Pires (“Que Saudade”).

Artistas semelhantes