Projota

Último lançamento

Playlists

Coletâneas

Sobre Projota

É imensurável o impacto que o álbum Nada Como um Dia Após o Outro Dia (2002), do grupo Racionais MC’s, teve no rap brasileiro. Projota, representante da nova geração ao lado de nomes como Emicida e Criolo, começou na rima sob a influência do grupo de Mano Brown para se tornar um dos campeões de venda do rap nacional, levando o som da periferia para o mainstream com parcerias ousadas com Anitta, Orishas e Maria Rita. • A versatilidade de José Tiago Sabino Pereira, nascido em 1986 na Zona Norte de São Paulo, está intimamente ligada às influências da infância e adolescência. Fã das letras de Belchior e da atitude contestadora de roqueiros como Legião Urbana e Pink Floyd, começou a explorar o universo musical aos 11 anos, compondo rock no violão. • Enquanto as batidas de “Negro Drama”, do Racionais MC’s, e “Só Deus Pode Me Julgar”, de MV Bill, ecoavam pelas ruas do bairro Lauzane Paulista, o adolescente foi atraído para o rap e participou de coletivos com os amigos Emicida e Rashid. Mas foi individualmente que os três ganharam notoriedade – começando nas batalhas de rima do metrô Santa Cruz e na Liga dos MCs, para, depois, serem alçados à fama. • A habilidade com as rimas e o trabalho duro no mercado independente deram resultado. Em 2014, com um nome já consolidado no rap, lançou o primeiro trabalho de estúdio, Foco, Força e Fé. Parcerias com Negra Li (“O Homem Que Não Tinha Nada”), Marcelo D2 (“Elas Gostam Assim”) e J Balvin (“Tranquila”) não só projetaram o artista como atestaram sua versatilidade. • O rap ainda era visto como um gênero de regras rígidas quando Projota ousou transitar entre pop, rock, funk e samba. Com Anitta, gravou “Cobertor” e “Mulher" ao vivo para o primeiro DVD da cantora, Meu Lugar (2014). Em 2017, com o lançamento de A Milenar Arte De Meter O Louco, dominou as rádios com a faixa “Linda”, parceria com o duo Anavitória. O trabalho não deixa as raízes para trás, exploradas em “Muleque De Vila” e “Segura Seu BO", gravada com o amigo Rashid. • Em 2018, o rapper fez uma participação surpresa no show da banda Thirty Seconds to Mars, em São Paulo. A parceria se transformou no single “Rescue Me”, que foi lançado no mesmo ano, e abriu as portas para parcerias internacionais com Orishas e Mario Bautista (“Qué Pasa”, de 2019) e Clemente Castillo, Duelo e Rock And Lovers (“Luna Que se Quiebra”, de 2021).

CIDADE NATAL
São Paulo
NASCIMENTO
11 de abril de 1986
GÊNERO
Hip-Hop/Rap
Selecionar um país ou região

África, Oriente Médio e Índia

Ásia‑Pacífico

Europa

América Latina e Caribe

Estados Unidos e Canadá